domingo, 26 de agosto de 2012

Que Deus é esse?


Se você pudesse escolher um deus, assim como muitos fazem, qual escolheria? Como seriam seus feitos e como ele salvaria uma terra inteira?

Já pensou que às vezes tentamos criar um deus dentro de nós, para torná-lo mais fácil sua aceitação? Quando não concordamos com algo que encontramos na Bíblia ou com uma palavra lida em um folheto logo pensamos, “Deus não pode ser assim!” ou “Não acredito que seja assim” e na maioria das vezes “Não concordo com isso ou aquilo”.

Frases comuns de ouvir quando pregamos o evangelho de Cristo crucificado e ressurreto. Isso porque para muitas pessoas é difícil de aceitar alguns pontos da palavra de Deus, mas, não aceitar algo verdadeiro, muda alguma parte da verdade? Temos algum direito de criar pontos para tornar Deus mais aceitável a nós ou a outras pessoas? Paulo enfrentou o mesmo problema com os cristãos em Corinto. Como ele mesmo escreveu:

Os judeus pedem sinais milagrosos, e os gregos procuram sabedoria; nós, porém, pregamos Cristo crucificado, o qual, de fato é escândalo para os judeus e loucura para os gentios,” (1 Co. 1.22-23)


Os judeus buscavam sinais milagrosos do Messias como indicação de que o livramento que Deus tinha prometido havia começado. Os gregos, especialmente os filósofos, buscavam usar a sabedoria para responder suas perguntas sobre Deus e a vida. Para os judeus, que esperavam um salvador político, Jesus era um escândalo. Para os gregos, cuja sabedoria egocêntrica não dava sentido à cruz, crer em Jesus era loucura.” (O Novo Comentário Bíblico – editora central gospel)

No mundo em que vivemos as pessoas buscam um deus que se enquadra com seus pensamentos, mas qual desses é o verdadeiro? O mais enfeitado ou mais simples? A história mais elaborada ou a história verdadeira?

O que temos de fazer então? O mais correto seria quebrar todos os deuses que rodeiam nosso coração, acabar com todos os pensamentos de um deus que na verdade não existe! E aceitar a verdade, expressa com todas as letras na Bíblia, a única verdade sobre Deus. A verdade ensinada pelo próprio Deus. Um Deus que veio ao mundo em forma de homem, chamado Jesus, que foi humilhado e não se vingou, morreu mesmo podendo viver e no final perdoou todos os que o maltrataram, pois não sabiam o que estavam fazendo. Neste Deus há esperança, verdadeira esperança! Nele podemos confiar toda nossa vida, pois ele é o autor da própria vida e tudo que existe foi criado por ele.

Que você possa encontrar este Deus verdadeiro e aceita-lo, não que ele precise passar por algum teste para isso, ele simplesmente atraí aqueles que ele escolhe. 

Ratings and Recommendations by outbrain