sexta-feira, 22 de abril de 2011

Santificação


Separados para Deus

“Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Quando alguém, seja homem, seja mulher, fizer voto especial de nazireu, a fim de se separar para o Senhor” (Nm 6.2)


Nazireu era aquele que se dedicava e se consagrava especialmente ao Senhor, dando seu próprio corpo como oferta a Ele, seja por um curto período de tempo ou até mesmo a vida toda, mas ser separado para o Senhor implicava em combater sua própria natureza humana, a partir do momento em que o Nazireu tinha de se afastar de coisas básicas e muitas vezes fundamentais, o texto nos fala do vinho e do corte do cabelo, fala ainda sobre tocar defunto, isto era aplicado da forma que foi escrito, porém estes três itens citado era uma forma de dizer que o Nazireu era separado para Deus e não podia fazer parte de coisas carnais até que terminasse os dias de seu nazireado.


Hoje nós que, nos consideramos filhos, também temos compromissos para que sejamos verdadeiros filhos e servos do Senhor e isto também implica em uma vida de batalha contra nossa própria natureza que é voltada para o pecado. Vamos ver quais passos dar em direção á uma vida santificada ao Senhor e seus resultados.



Renunciar a carne em favor do espírito.

Em Lucas 9.23-24 Jesus conclama a todo que quer ser seu seguidor a negar a si mesmo, dia após dia ao ponto de dizer que as pessoas que procuram viver de acordo com a carne estão caminhando em direção à morte (Romanos 8.13), pois a vida está em suas mãos, por isso o cristão deve lutar todos os dias contra si mesmo, isso é, contra os desejos da carne, pois eles levam à morte espiritual. Sabemos que estamos em constante batalha contra nossas vontades carnais, as quais nós conhecemos bem.

Batalha espiritual contra a natureza carnal


“Fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena: prostituição, impureza, paixão lasciva, desejo maligno, e a avareza, que é idolatria; por estas coisas é que vem a ira do Deus [sobre os filhos da desobediência]. (Colossenses 3.5-6)


Todas as pessoas têm desejos que não deveriam ter vontades que nunca deveriam ter tais desejos muitas vezes enganam o próprio entendimento e a lógica, como por exemplo, as paixões lascivas que são doentias e desenfreadas, tais desejos matam a alma humana e assim fazem com que a pessoa perca a vontade e oportunidade da salvação, por isso considero uma batalha, pois um dos lados morre, a alma ou o corpo. 
Morrendo o corpo, isto é, seus desejos, vive a alma e há salvação, morrendo porém a alma, vive o corpo e o ser humano caminha em direção á própria satisfação e conseqüentemente á morte, sabendo que, o salário do pecado é a morte, tanto da alma quanto do corpo. Tais desafios devem ser superados por aqueles que querem além da salvação, um relacionamento de filho com o Pai. Vencidos tais desafios o cristão mostra e segue um único alvo, Jesus Cristo.


Cristo, o convidado especial


“e, assim, habite Cristo no vosso coração, pela fé, estando vós arraigados e alicerçados em amor,” (Efésios 3.17)


Todas as pessoas têm um alvo, um lugar, um objetivo, este é o objetivo do filho de Deus, que nós tenhamos comunhão com Ele como filhos e não apenas como servo, mas quem, por mais forte que seja consegue alcançar seus objetivos sem passar por tristes, terríveis e fortes batalhas e lutas? Ao final seremos vencedores, quando Ele, pessoalmente nos buscar, assim cresçamos com o mesmo objetivo que é: Alcançar Jesus Cristo como morador e mestre do nosso coração, só assim conseguiremos vencer as demais batalhas que virão. Além de vencer demais batalhas Ele nos promete ainda mais. Convido você leitor, a ler os próximos versículos de Efésios 3, a partir do versículo 17.


Conhecer o amor de Cristo e saber qual seu tamanho, saber que Ele é poderoso para fazer infinitamente mais do que nós podemos imaginar e pedir, Jesus é assim, sempre faz surpresas a quem ama, um detalhe que sempre deve acompanhar sua vida está no ultimo versículo do texto, leiamos juntos:


“a Ele seja a glória, na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém!”


Nunca imagine que você tem alguma glória, que você alcançou simplesmente por merecer, tudo que temos, tudo que o Pai nos dá é por amor, assim nós não merecemos nada, Ele nos dá por amor, assim como deu seu próprio filho por nosso resgate, honre a Ele, adore ao Senhor, seu salvador.

Mini Dicionário do Texto:

Lascivo: refere-se à pessoa que não tem controle sobre sua vida sexual, especialmente neste texto, porém a palavra pode se referir a outras condutas também, sempre voltada para a ação sem controle ou doentia.
Avareza: ser avarento é o mesmo que ser idólatra, pois o avarento quer somente para ele, assim também adora o que tem e não abre mão de nada, idolatria não é somente adorar idolos, mas tudo o que prende o ser humano.
Desejo maligno: desejos de morte, idolatria, rancor, ódio, prostituição, adultério e tudo que é contrário á Deus.
Prostituição: o texto se refere a ter atos sexuais fora do casamento, porém prostituição também pode ser aplicado a tudo que contamina o homem, isso é prostituição, nosso texto se refere a atos sexuais fora do casamento, dos mandamentos de Deus e da sua vontade.

Ratings and Recommendations by outbrain