sexta-feira, 28 de maio de 2010

Auto-Consciência

"Certa vez, um colega do Boston College pediu aos alunos da sua aula de filosofia para escrever um texto anônimo sobre a sua luta pessoal contra o certo e o errado, sobre o bem e o mal.
A maioria dos alunos, entretanto, foi incapaz de terminar essa tarefa. 'Por quê?', o professou perguntou.


"Bem", responderam, e aparentemente sua resposta estava despida de ironia, "Nunca fizemos nada de errado".
Podemos ver aí uma grande quantidade de auto-estima, mas muito pouco de autoconsciência".

Podemos nos sentir muito bem a nosso respeito. Mas e se Deus achar que fizemos algo de errado, de muito errado, e não de muito certo? E se Ele desejar falar conosco sobre isso, porque também tem um remédio para nos oferecer? E se ele pode ver que nossa auto-proteção representa, na realidade, uma prisão?

Com grande amor, Deus nos coloca frente a verdades que são demasiadamente desagradáveis para nos salvar."
________________________________________________|_______|
Texto: Citação: Arturo G. Azurdia, III Spirit Empowered Preaching (1998), pag 16. / Texto complementar: Raymond C. Ortlund - Isaías, Deus salva os pecadores (2009), pag. 30

Ratings and Recommendations by outbrain