terça-feira, 21 de abril de 2015

O efeito apocalipse

Olá querido leitor, antes de começar esta leitura gostaria de dizer bem alto ESTOU DE VOLTA! 

Sim! Estou de volta porque muitas pessoas tentaram me desanimar, mas, não deu certo por muito tempo e eu já tenho uma nova mensagem e uma nova maneira de comunicar a verdade do evangelho! Portanto, vamos lá!

Muitas pessoas se preocupam com o fantástico mundo apocalíptico, eu mesmo já li mais de quatro vezes, é realmente fantástico conseguir entender o que está escrito, mesmo que muitas pessoas não o entendam. Há poucos anos descobri que parte desta leitura não está apenas no livro intitulado como Apocalipse, este estilo literário muito famoso da Bíblia Sagrada está presente em, digamos, toda a Bíblia e nas palavras de nosso saudoso, honrado e grande libertador, Jesus Cristo! Isto mesmo, e digo mais, ele disse as palavras mais importantes sobre esse acontecimento usando seus apóstolos. Hoje vamos falar sobre um dos efeitos do fim dos tempos, presente não no mundo ou naqueles que não entraram no Reino dos Céus e sim, naqueles que estão salvos, livres do inferno e da morte, isto mesmo. O efeito apocalipse pega aquelas pessoas que supostamente estão preparadas para entrar no céu! Vamos a um exemplo:

Se um amigo seu, talvez nem muito amigo, um conhecido. Te chama para ir em casa fazer uma oração qualquer dia desses, não precisa ser hoje, pode ser amanhã ou quem sabe na semana que vem. Um simples convite a uma oração ou ate mesmo uma breve leitura bíblica. Porém não haverá comida ou bebida, isto fica claro, qual a sua primeira reação? Aquela linha de pensamento que passa em sua cabeça assim que recebe o pedido, pois bem meu querido, se você mentalmente virou o nariz ou rejeitou em sua mente o convite a perder um pouco do seu tempo por outra pessoa, saiba que você está sendo tocado e influenciado pelo fim dos tempos!

Em Mateus 24 versos 12 e 13. Jesus faz a seguinte declaração: “e o amor de muitos esfriará por causa do crescente distanciamento da Torah. Mas quem suportar até o fim será libertado.” (versão Judaica Completa. 2012) E este acontecimento na cronologia de Mateus precede ao acontecimento da vinda dos falsos profetas, aqueles que enganariam as pessoas com falsos ensinamentos, ou seja, estamos vivendo em pleno apocalipse segundo o pensamento de Jesus em Mateus 24. Diante destas afirmações e se você se encaixou nelas, duas coisas podem estar acontecendo:

1 – Você ainda não é um cristão! Isto mesmo. Pode ser que você acredite ser um crente, mas no seu íntimo ainda não é, isso porque a vontade de adorar ao seu criador se manifesta em qualquer momento, em qualquer hora e se você virou a cara para um convite desse meu amigo, pode ser que você ainda não se converteu como manda as palavras de Jesus: “Digo-lhe que a menos que uma pessoa nasça outra vez, do alto, não pode ver o Reino de Deus”. (Jo. 3.3b - versão Judaica Completa. 2012). Para compreender a necessidade e esta vontade de adorar, de orar e compartilhar isto com outras pessoas é primeiramente necessário que você morra! Morra para si mesmo e renasça para Deus, do alto, através do chamado pelo Espírito Santo e sim é possível uma pessoa viver dentro da igreja, mas nunca ter experimentado um novo nascimento! Jesus mesmo gritou estas palavras com Nicodemos quando ele foi questionado sobre como nascer de novo em João 3.  Se você sente que nasceu de novo, abandonou sua velha vida e hoje se dedica de coração a Deus e mesmo assim sente que algo estranho está acontecendo, você está certo! Algo de muito estranho está acontecendo e isto pode influenciar sua vida, a vida daqueles que são salvos e é nossa segunda sugestão!

2 – Seu coração está esfriando, você não sente mais aquele amor pelo próximo que sentia quando se converteu, e isso acontece devido a alguns fatores por exemplo, o distanciamento das escrituras, como sugere a tradução da versão Judaica Completa ou o aumento do pecado como traduz grande parte das Bíblias. Outra influencia sobre este esfriamento está no fato de que você possivelmente não se alimenta bem, mesmo quando está dentro da igreja. Já é conhecido que muitos pastores e líderes religiosos não ensinam o que precisam ensinar aos seus membros, eles ensinam aquilo que queremos ouvir e isto meu amigo, faz com que você cresça cada vez mais humanista e menos cristão. O amor ao próximo diminui quando pensamos mais em nós mesmos ou no alvo de nossa adoração do que nos outros, naqueles que precisam ser vistos. Não quero com isto dizer que devemos pensar mais no próximo do que em Deus, apesar de que quando Deus amou o mundo ele pensou mais nele do que em si mesmo, por isso ele enviou seu filho para que o mundo fosse salvo, veja como Deus pensou mais nas pessoas que precisavam do que em si mesmo. Fantástico! O que fazer então meu amigo? Você quer ir ao céu quando Jesus voltar, mas sente que algo estranho está lhe tirando deste caminho. Há sim algo a ser feito, um caminho a ser buscado para que possamos passar por este breve conflito até que Jesus volte. E se você se sente inquieto com esta questão, se te incomoda ver que isso esta acontecendo, você pode voltar ao caminho certo e continuar em direção aquilo que Jesus nos ensinou. 
Nas palavras do profeta Isaías está parte deste caminho. Eu termino esta mensagem citando suas palavras, medite nelas hoje, ouça o que Deus quer lhe dizer e volte para o ponto certo!


“Procurem por Adonai enquanto ele está disponível, clame a ele enquanto está próximo. Que o ímpio abandone seu caminho, e a pessoa má, seus pensamentos; retorne para Adonai, que terá misericórdia dele; retorne para nosso Deus, pois ele perdoa de fato”.(Isaias 55.6,7 - versão Judaica Completa. 2012)

Devair S. Eduardo

Ratings and Recommendations by outbrain