sexta-feira, 18 de maio de 2012

A Mente e o Coração


“Portanto, se o teu olho direito te escandalizar, arranca-o e atira-o para longe de ti; pois te é melhor que se perca um dos teus membros do que seja todo o teu corpo lançado no inferno”. Mateus 5:29

Se você é cristão já deve ter sentido vontade de arrancar os próprios olhos pelo menos uma vez na vida, se você é ateu já deve ter mandado pelo menos um cristão fazer isso pelo menos uma centena de vezes. Arrancar os próprios olhos parece ser um preço alto demais para ser santo e herdar a eternidade com Deus! Mas será que é isso mesmo que Jesus está querendo dizer quando manda que arranquemos nossos olhos? Creio que não!

Um versículo anterior Jesus está nos mostrando o verdadeiro assunto de seu ensinamento e se você olhar com olhos humanos também não entenderá o que ele realmente quer dizer quando diz que:

Mas eu lhes digo: qualquer que olhar para uma mulher para desejá-la, já cometeu adultério com ela no seu coração.” Mateus 5:28


Eu convido você neste momento a entender o que Jesus queria dizer sobre o adultério e outros pecados que cometemos antes mesmo de cometê-los! Isto pode mudar sua forma de ver e refletir em sua vida pessoal, no seu casamento e na sua santidade cristã.
Se perguntássemos a um assassino se por acaso ele pensou antes de matar alguém certamente sua resposta será “sim”! Claro, um assassinato sempre é pensado, assim como toda reação humana. Ninguém erra sem que antes disso tenha desejado errar. Logo podemos dizer que quando pensamos em matar alguém já somos de certa forma, assassinos. Porque dentro de nós tal pessoa foi morta!

Todos sabem que Deus é o único que sonda nosso coração, isto é, ele enxerga por dentro de nós mesmos. Não precisamos fazer algo errado para que ele veja que fizemos, basta desejar no fundo do coração e pronto, ele já nos viu. Ninguém escapa dos olhos de Deus.
Jesus disse que basta um homem olhar para uma mulher desejando-a para ter cometido adultério, mas porque esta realidade é tão difícil de encarar e aceitar? Creio que as pessoas não pensam em sua mente como parte do corpo, apesar de não poder ser vista. Todo mundo tem uma mente, todo mundo pensa! Sendo a mente uma parte do ser humano, ao usá-la estamos fazendo algo com uma parte do nosso corpo, mesmo sendo invisível.

Quando pensamos estamos usando parte do nosso corpo, como se estivéssemos usando nossas mãos para segurar. Por isso Jesus está certo quando diz que ao usar a mente para fazer algo errado é o mesmo que fazer algo errado! Isso porque nós já fizemos quando pensamos em fazer! Afinal, um ladrão se torna ladrão quando começa a pensar como um, o mesmo acontece com o adúltero citado por Jesus.
Viver uma vida de santidade num mundo corrompido pode parecer difícil, para alguns até mesmo impossível, mas todos temos que enfrentar grandes batalhas para conseguir grandes coisas! Nada é tão fácil. Por isso lutemos contra nossa própria natureza pecaminosa a fim de sermos santos, como nosso pai é.

É melhor afastar nossos olhos do mal, do que morrer por eles!

Ratings and Recommendations by outbrain