sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

A Vida nasceu! É Natal!


 


"No princípio, aquele que é a Palavra já existia. A Palavra estava com Deus, e a Palavra era Deus. Ele existia no princípio com Deus. Por meio dele Deus criou todas as coisas, e sem ele nada foi criado. Aquele que é a Palavra possuía a vida, e sua vida trouxe luz a todos. A luz brilha na escuridão, e a escuridão nunca conseguiu apagá-la." (João 1.1-5 – NVT)

A vida Nasceu! É Natal!


No dia 25 de dezembro comemoramos o nascimento da vida!
Sim! Não se trata apenas de um menino, aquele que nasceu era a palavra de Deus e recebeu vários adjetivos na tentativa de expressar a grandeza de seu nascimento e importância. Eis que a vida nasceu! E curiosamente nasceu para que outras pessoas recebessem vida! Ele se dividiu entre milhares de vidas e todas elas, antes mortas, agora estão vivas para sempre.

Nasceu também a Água! E como água ele, que é a vida se tornou fonte de água viva! Jorrando vida, derramando mais de si para que através de sua vida outros bebessem dessa dádiva chamada vida eterna. Ah como são felizes aqueles que tiveram e tem o privilégio de beber dessa água. Estão vivos! Para sempre!

Ele também se comparou com o pão, um dos alimentos essenciais para o homem e de acesso praticamente universal! E como o pão ele matou a fome de todos que anteriormente vagavam pelo mundo sem saber o que esperar, sem um alimento verdadeiro. Aqueles que dele provou jamais sentirão fome novamente, tal declaração divina nos traz paz, e faz confiar que seremos alimentados fisicamente e espiritualmente, para sempre! Um cuidado que apenas alguém tão grande quanto um Deus poderia garantir. Talvez por isso Davi canta com alegria que "O Senhor é meu pastor, e nada me faltará." (Salmos 23.1 – NVT).

Eis que nasce um cordeiro puro e santo, sem marca alguma. Único capaz de ser levado como oferta pelos nossos pecados, por aqueles que seriam chamados seus. Suas ovelhas, seus filhos! Por aqueles que o ouviram chamar pelo nome Ele se entregou a punição máxima que nós, meros pecadores, merecíamos mas não suportaríamos. Levando na cruz toda culpa que nos mantinha afastados de Deus, da vida eterna e consequentemente de si mesmo. Uma ovelha para que nós, suas ovelhas, pudéssemos ter vida, vida em abundância.

Eis que no dia 25 de dezembro comemoramos o nascimento daquele, que como um leão, venceu e reina eternamente, não apenas isso, mas cuidando de cada um de nós e protegendo com seu amor e sua justiça feroz. Ele venceu a morte, derrubou por terra Satanás e seus anjos e garante, estamos seguros!
Nada mais nos tira de perto de si; daquele que é a palavra, a força criadora de Deus; aquele que é o próprio Deus.
Minha oração é que se ele ainda não nasceu na sua vida, que neste aniversário possa ser o seu grande dia! Trazendo vida, luz, alimento e salvação para você e sua casa, amém!






Devair S. Eduardo




.

Ratings and Recommendations by outbrain