terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Jesus e a água

A essência de Jesus é muito parecido com a água, isso mesmo Jesus Cristo se parece muito com a água, principalmente com as chuvas. A água, esse liquido tão precioso é uma das poucas coisas na natureza que nunca morrem, podemos entender isso porque ao vermos uma poça d’agua evaporando ela ainda está viva e podemos até mesmo captura-la com o equipamento correto, água nunca morre! Ao se comparar com água da vida talvez Jesus estivesse pensando em algo essencial, algo que a vida dependesse, mas há outras propriedades desse precioso bem natural que se assemelham ao nosso Deus!

A chuva principalmente revela o grandioso poder de Deus, o salmista estava correto ao afirmar que “Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos”. Ao olharmos para a chuva podemos ver várias formas de manifestação da glória e do poder de Deus. Em alguns lugares ele chega manso e suave como um doce e confortante sereno, purificando o ar e dando a sensação de conforto para quem sente calor e desconforto. Jesus, da mesma forma vêm ao nosso encontro como um sereno, dando alívio àquele que busca por socorro em tempos de dificuldade para que não entre em desespero, dando alívio e nos tratando com mansidão mesmo quando o erro foi nosso!

Mas não há nada mais parecido com Jesus do que uma tempestade, a forma como ela entra no solo e nas casas revelando diversas coisas que anteriormente estavam ocultas pode ser comparado aos olhos de Deus, que podem ver tudo e todos, não dependendo da situação ou das circunstâncias, os olhos de Deus são como a forte tempestade, para alguns uma benção enquanto outros a veem como uma terrível realidade.

Muitos culpam as fortes chuvas de causar tantas destruições, mas apesar de ser o óbvio nunca será uma realidade. Isso porque a chuva, assim como Deus, não causa destruição alguma, ela simplesmente mostra onde há destruição. Deus vem sobre seu povo como uma tempestade, revelando onde está corrompido pelo pecado ao mesmo tempo em que limpa e purifica. Retirando aquilo que temos por maior que a vida e nos enchendo de nova vida, e vida eterna!

A vida muitas vezes é um campo seco e rachado pela falta de amor e compreensão, nestas horas tudo que queremos é um pouco de alívio, mesmo que este alívio chegue e carregue tudo que nos segura para trás, tudo que nos impede de ter uma vida plena e suficientemente feliz. Tudo que precisamos para alcançarmos esta meta é a água que somente Deus pode dar, afinal somente ele pode se chamar Água da Vida!


“Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna” (João 4.14)

Ratings and Recommendations by outbrain