quinta-feira, 5 de abril de 2012

Marcas de Sangue


Aquele foi um dia estranho. Todos olhavam com estranheza para as portas sujas com sangue de cordeiro, alguns zombavam e sobre as minhas vestes ainda havia algumas manchas daquela estranha marca. Todos estavam apreensivos com o que o Senhor Deus mandou fazer. Sangue de cordeiro para marcar quem pertencia ao povo de Israel, sangue de um animam puro, limpo e sacrificado e uma promessa de ferir todos os nossos inimigos que há anos a fio nos mantém como escravos numa terra de deuses homens… vamos lembrar esta data eternamente como… páscoa. O dia que fomos marcados para não morrer...” (Ex. 12 – baseado no relato de).

Aquela tarde foi estranha, multidões clamavam pela morte de um tal nazareno, alguém que andava por todos os lugares sem um lugar certo para ficar. A multidão estava ansiosa para ver sua morte, haviam outros dois, mas ele foi o mais esperado, alguns poucos disseram que ele não tinha feito nada de errado, não entendo ainda porque, sacrificar um homem inocente ao lado de dois condenados… próximo ao dia de páscoa…” (Mt. 26.2)



Muita gente não entende de onde veio este feriado. Sexta-feira santa, domingo de páscoa, poucos se arriscam a afirmar que é uma data festiva sem qualquer sentido, porém tenho outra explicação para vocês que consomem coelhos de chocolate e ovos na páscoa, não tem nada haver com chocolate.

A páscoa é um dos poucos feriados ordenados por Deus registrado na Bíblia Sagrada e não tem nenhuma ligação com o comércio consumista ou algo parecido. Páscoa é uma comemoração de liberdade! Todos que se envolveram com o sangue do cordeiro foram libertos no Egito das mãos de Deus, quando Ele mesmo executava seu plano de libertação do povo de Israel. Doce coincidência não?! O mesmo aconteceu na cruz, quando todos pensavam em executar seus planos, Deus estava executando o dele.

E por meio de sangue limpo Deus libertou pessoas sujas como eu e você, caso aceite esta oferta. Antes mesmo de aceitar este convite ele se sacrificou como um cordeiro sem manchas, quero dizer, sem falhas. Sendo condenado como injusto mesmo sendo justo. Por mim e por você, para que hoje fossemos livres para entrar com ele no céu!

Mas para isto acontecer temos que nos envolver com o sangue do cordeiro, assim como o povo no Egito, temos de nos marcar com este sangue puro. Seremos seguidos, mas não alcançados, entristecidos, mas nunca vencidos pela tristeza. Devemos abandonar urgente nossa moradia no Egito para sermos salvos quando ele vier. Jesus nos diz isso da seguinte forma:

"Aquele que ama a sua vida, a perderá; ao passo que aquele que odeia a sua vida neste mundo, a conservará para a vida eterna. Quem me serve precisa seguir-me; e, onde estou, o meu servo também estará. Aquele que me serve, meu Pai o honrará." (Mateus 12.25-26)

Esta data é lembrada porque naquela tarde alguém morreu para que nós pudéssemos viver, não neste mundo, mas na eternidade!

Devair S. Eduardo

Ratings and Recommendations by outbrain